Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Journal d'une Femme de Chambre

Journal d'une Femme de Chambre

'vamos andando'

Por cá, os pensionistas* fazem jus à sua condição matam o tempo nas dunas observando os montes que se elevam no horizonte. 

A descontração que o facto de estarem na pensão, fora de casa, longe da sua realidade permite-lhes exacerbar a interpretação e descrição do que vêem.

Eu, para além do trabalho habitual, farto-me de limpar areia por estes dias.

 

 

ass.jpg

 ei-los como são. eis como se desejam

 

pen-si-o-nis-tas: Que ou quem vive numa pensão ou residencial, numa casa de hospedes ou num quarto pago em casa particular.

da minha ausência

Lamento que o entusiasmo dos primeiros dias me tenha deixado. Estes desabafos fazem-me bem. 

Venho, por isso, registar o meu compromisso de que tentarei ser mais regular nestes registos apesar da falta de tempo com que lido por estes dias.

A pensão está a abarrotar. Apareceu por aqui um moço que me dá uma trabalheira sem fim. Como é que um adulto pode dar tanto trabalho? É um moço estranho e ainda estou para perceber como é que suja tantas meias desaparelhadas...

Mais sobre mim

imagem de perfil

Facebook

Eu no Facebook

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D